terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Enfim, uma noite perfeita...

 

Há tempos eu não vivia bons momentos assim. Sim, foi. Foi uma noite perfeita. Não podia ser melhor, pois se fosse, seria apenas no momento. E essa noite foi perfeita para todo o MEU sempre. Foi perfeita em todos os aspectos.

Tive uma companhia perfeita, freqüentei lugares perfeitos, fui perfeitamente bem atendido por todos, tivemos conversas perfeitas, os assuntos lançados à mesa eram perfeitos...

 

Bom. A começar que eu a convidei para um programa qualquer hoje à noite, sem a mínima expectativa de que ela respondesse positivamente. E NÃO É QUE ELA ACEITOU? Fiquei surpreso...

Aí saímos dos nossos respectivos trabalhos. Ela me ligou me dizendo que estava pronta, fui buscá-la. Íamos ao shopping CenterVale. Ficamos lá por menos de meia hora. Ela queria trocar uma bolsa que havia ganhado de Natal. Tem um restaurante gostoso ali por perto, chamado Mezzanino, mas estava fechado. DROGA!

Não por isso. Levei-a à única pizzaria cinco estrelas do Vale do Paraíba: Villa d'Aldeia [http://www.villadaldeapizzaria.com.br/]. A pizzaria acomoda até 150 pessoas. Mas apenas dois lugares e uma mesa já eram o suficiente para a ocasião. Perguntei-a se a poderia servir vinho, apresentando-a a carta. Ela disse que não bebia. Logo imaginei um copo com gelo e laranja, ao lado de uma latinha de guaraná. Errei apenas pelo gelo, que ela havia rejeitado. Pedi então minha tão querida água com gás, num copo com gelo e limão. E entre conversas e risadas, escolhíamos os dois sabores da pizza que iríamos pedir. Escolhemos Pelourinho e Sacramento. Estava uma delícia, regada a azeite, água, refrigerante e uma conversa deliciosamente inocente e sem fundamentos. Tudo o que é mais perfeito em um 'primeiro encontro'.

Após degustarmos da saborosa massa e dos não menos deliciosos recheios, solicitei o cardápio da sobremesa. Logo que o peguei, já o devolvi. Em uma rápida conversa anterior, ela havia mencionado que gostava de Papaya com Cassis. Solicitei ao maître um creme para ela, e um Petit Gâteau para mim. Estava delicioso. Após terminarmos nossa refeição, fomos rumo à casa dela. Deixei-a no portão e voltei para casa.

 

Dei-a, para completar a noite, uma gata de pelúcia, para que ela possa se recordar desse nosso encontro. Um encontro deveras interessante. Um encontro um tanto peculiar, de dois amigos que se respeitam além do imaginável. Nada mais próximo. Sem afagos, abraços, beijos, mãos dadas, flertes. Apenas a agradável companhia. Mais nada. Nada, além de um singelo beijo no rosto e um sicero sorriso na boca ao final da noite, na certeza de que momentos como esses irão se repetir. E, ao portão, "boa noite!" com olhar de aprovação e sensação de missão cumprida para o momento.

 

A idéia aqui não é 'rolar' nada. É simplesmente ter uma companhia decente e agradável. Você tem tudo isso! Você É tudo isso. Agradeço por termos nos reencontrado.

*******

Aos amigos que lêem freqüentemente meu blog, agradeço-lhes por me permitirem compartilhar meus [melhores e piores] momentos com vocês. Agradeço a todas as visitas e comentários.

TENHAM TODOS UMA EXCELENTE SEMANA...

 

Ósculos & Amplexos - Quati

2 comentários:

=o) disse...

Bom, não tenho mais nada a acrescentar não é?rs
Creio que a descrição dos fatos esta totalmente completa! rs
e fico muito feliz em saber que o papo, não foi chato, ou sem graça!!!
Não tive tempo hj, de lhe mandar se quer um email agradecendo a noite de ontem, mas o farei por aqui!!
ADOREI.. tudo!
Realmente foi um encontro peculiar e especial entre dois amigos!
Gostei de tudo, só não gostei de não ter aguentado a pizza toda!! rs e de vc não ter me deixado ajudar em nada!
Bom, vou ficar por aqui!
e gostaria mais uma vez de agradecer pela companhia, ajudinha na bolsa!=o) pelo jantar esplendido, pela Marie, pelo respeito e atenção,

OBRIGADA.

Dani disse...

Olaaaaaa!!!
Faz uns diazinhos que eu nao entro, ne...
Me divirto com seu sarcasmo as vezes (nao falo deste post), espero que ele nao seja de tristeza.
Fim de semana, hein! Beeeeeeeeeijo.